Aqui encontra os baralhos de colecção

 

Estes 4 baralhos, em edição limitada, foram pensados para satisfazer a originalidade e o gosto estético do coleccionador ou do público mais exigente. Mais do que cartas, estes baralhos constituem verdadeiras obras de arte em formato manuseável, estreitando a relação com a arte, a fantasia e a criatividade. São também magníficos presentes para oferecer em datas especiais.

Lydia Jacob Story

Lydia Jacob Story – 55 colagens de Raymond E. Waydelich (Edição limitada, caixa negra com selo dourado)

 

O artista alsaciano Raymond E. Waydelich criou, a partir da sua paixão de vários anos por composições de objectos e pintura, 55 pequenas e humorísticas obras de arte em formato de cartas de jogar. As cartas LYDIA JACOB STORY são um trampolim para um mundo fabuloso e surreal, que contém um reportório de motivos, objectos e sujeitos, que estimulam assim as associações de cores, letras, objectos, plantas, personalidades e animais. As cartas LYDIA JACOB STORY são tanto arte em formato de cartas como uma ferramenta lúdica. São apropriadas para contemplação, meditação, actuação individual e também para utilizar como inspiração para acções criativas.

 

Preço: 37.90 Euros

BEAUREGARD

BEAUREGARD – 55 colagens da artista Joan Beauregard (Edição limitada, caixa negra com selo prateado)

 

Colagens são imagens com o acréscimo de materiais alheios – “porque o material é irrelevante.Pois nunca se aspira a um determinado objectivo, a não ser a consequência do próprio materializar” (K. Schwitters). Surgem superfícies oriundas de formas e cores, que actuam com grande profundidade. Associações espontâneas conduzem a contos, histórias,descrições paisagísticas e muito mais, até à pintura, dança ou outras formas expressivas. As cartas BEAUREGARD são, tal como ECCO, uma introdução ao mundo da arte abstracta, na qual os sentimentos originados pela cor e pela forma são directamente vividos sem a ajuda de uma figura, cena ou acção. Assemelha-se a uma canção sem letra, na qual a melodia também expressa o significado.

 

Preço: 35.90 Euros

BOSCH

BOSCH – “O Jardim das Delícias“ em 65 cartas (Edição limitada, caixa negra com selo dourado)

 

Hieronymus Bosch (aprox. 1450 -1516) criou com o “Jardim das Delícias” um quadro monumental dos medos, esperanças e fantasias da Idade Média europeia. Como narrador magistral da linguagem visual povoou as três partes do tríptico com animais fabulosos e fantásticos, tal como existiam no seu tempo na imaginação das pessoas.As 65 cartas representam a totalidade do quadro. Colocadas umas ao lado das outras surge toda a obra em 91 x 52 cm, tal como um puzzle. Contempladas individualmente permitem sentir os detalhes fascinantes. Estas cartas são como um passeio por um dos mais famosos quadros da história da arte. Ao longo de todos os tempos Bosch inspirou artistas e encanta o observador – esse fascínio é reforçado e facilitado pelas cartas.

 

Preço: 37.90 Euros

TAHITI

TAHITI – 55 cartas ilustradas, extractos das obras do Mar do Sul de Paul Gauguin (Edição limitada, caixa negra com selo dourado)

 

Paul Gauguin (1848 - 1903) criou a sua obra tardia, caracterizada pela intensidade de cores, no Taiti. Fascinado pela cultura local, imortalizou nos seus quadros as impressões que satisfaziam o seu anseio por beleza e primordialidade. Ele pintou cenas da vida quotidiana, paisagens e pessoas, especialmente mulheres. Surgiram quadros cheios de poesia, com tranquilidade alegre e harmonia, que parecem vir do paraíso. Os 55 extractos dos seus mais belos quadros são um convite para uma viagem ao Mar do Sul exótico, fazem com que contemos histórias inspiradas pelo Taiti primordial. O foco para segmentos individuais estimulam a fantasia e guiam a vista para detalhes que nos levam a brincar com os quadros de Gauguin.

 

Preço: 35.90 Euros