E se o EMDR for a solução?

November 10, 2014

A terapia com EMDR vai sendo cada vez mais conhecida em Portugal mas, na verdade, ainda é pouco divulgada.

 

De forma muito simples, costumo explicar aos meu pacientes que o EMDR é uma terapia que facilita e acelera a digestão emocional, desbloqueando o que nos faz sofrer e permitindo o acesso a recursos psicológicos que nos ajudam a lidar melhor com a vida e as suas dores.

 

Um bocadinho estranho???

É natural :)

 

A sigla EMDR trocada em miúdos significa Eye Movement Dessensitization and Reprocessing. E agora, trocado em Português: Dessensibilização e Reprocessamento através de Movimentos Oculares.

 

E dá para trocar ainda mais por miúdos?

 

Trata-se de uma terapia mais orgânica, no sentido em que não é necessário longas conversas. É o nosso cérebro que faz esta digestão emocional.

 

Isto acontece com a ajuda da estimulação bilateral do cérebro. Ou seja, alternadamente, o cérebro é estimulado aravés de movimentos dos olhos, ou através de sons ou ainda de ligeiros toques por exemplo nos joelhos do paciente (tapping).

 

No início a terapia começou de facto a ser usada com movimentos oculares mas posteriomente, os estudos confirmaram que a estimulação bilateral do cérebro poderia ser feita de outras formas e fazê-lo com sons alternados nos 2 ouvidos é hoje em dia uma forma comum.

 

Mas e então serve mesmo para quê?

 

A terapia com EMDR é bastante eficaz em muitos quadros diferentes: vivências traumáticas, fobias, depressões, lutos complicados, ansiedade generalizada, dor, dificuldades de sono, doenças psicossomáticas, etc.

 

E quem pode beneficiar desta terapia?

A terapia com EMDR exige uma avaliação clínica para cada caso mas diria que pode ser feita com a maioria das pessoas, em adultos e também em crianças e adolescentes.

 

Se ainda tem dúvidas e gostaria de colocar mais questões, terei todo o gosto em responder. Poderá contactar-me por email ou poderemos mesmo marcar uma consulta para prestar todo o esclarecimento e avaliar se se adequa ao seu caso.

 

Um abraço,

Vera Martins

vera.martins@voar-me.com

 

Please reload

Featured Posts

E se o EMDR for a solução?

November 10, 2014

1/1
Please reload

Recent Posts
Please reload

Procurar
Please reload

Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic